Ore pela paz de Jerusalém – informe de 18 a 31.03.2012

“Diga ao povo que marche”
E profetizei como ELE me deu ordem; então o Espírito entrou neles, e viveram, e se puseram em pé, um exército grande em extremo” (Ezequiel 37.10)
O SENHOR ressuscitou a Israel para fazer dela um exército grande em extremo de homens e mulheres guerreiros sionistas bíblicos, exército no qual ELE é o Comandante em Chefe! HalleluYAH!

O Negev está sob ataque
Por favor, antes de iniciar a leitura desse informe, gostaria que assistisse aos vídeos abaixo relacionados e respondesse uma pergunta, também abaixo relacionada:
http://www.youtube.com/watch?feature=player_popout&v=iuRuF8-WIBk
http://www.youtube.com/watch_popup?v=_-wETUOJDmc
Você suportaria viver numa situação dessas por uma semana ou mais? Se tem filhos, pode imaginar tal perigo a que sua prole estaria sujeita? Teria coragem de sair de casa ou permitir que seus familiares saíssem de casa? Como seria sua semana? Seu dia? Seu minuto… dentro de um ‘bunker’, simplesmente esperando que o agressor se decida a parar de lhe atacar? Como você se sentiria???????……
Para interceder por esta causa, só colocando-se no lugar de mais de 1.000.000 de habitantes que estão sob ataque em Ashdod, Ashqelom, Beer Sheva, Sderot, Netivot, Kiriat Gat, Ofakim…

(http://2.bp.blogspot.com/-rUsoHZrwuv0/T19g74aprzI/AAAAAAAAKeo/dfbDO9vTHY8/s1600/a.jpg)Os ataques árabes a partir de Gaza foram iniciados na 6ª feira da semana passada (09.03) e as notícias nos jornais internacionais só se referiam ao ataque aéreo de Israel a Gaza e a computação dos mortos do lado árabe: ‘Ataques israelenses matam dois árabes em Gaza’; ‘Ataques aéreos israelenses mataram 15 militantes em Gaza’; ‘Ataques aéreos israelenses mataram uma criança de 12 anos e um militante na faixa de Gaza, nesta manhã de domingo, e uma salva de foguetes foi lançada de Gaza atingindo o Sul de Israel…’; ‘Ataques aéreos israelenses entram em seu 4º dia em Gaza’. O London Telegraph online publicou a seguinte manchete: ‘O quarteto para o OM se reúne enquanto os mortos de Gaza sobem para 21’, implicando que o quarteto se reunira para tentar e frear as mortes imputadas aos árabes por seus inimigos… sem tecer quaisquer comentários sobre os 170 mísseis (até aquele momento) lançados contra os civis em Israel ou que a maioria dos 21 mortos eram terroristas.

Todos os artigos apontam para Israel como se ela fosse ‘a agressora’, e não aquela que ‘SE DEFENDE’. Ninguém comenta ou computa os feridos de Israel, físicos e emocionais. Ninguém comenta que esta última semana foi uma semana em busca da sobrevivência, quando famílias não puderam sair dos ‘bunkers’ (louvado seja o SENHOR, porque em cada construção residencial, obrigatoriamente, um dos cômodos deve ser reforçado para proteger de ataques aéreos químicos, nucleares, biológicos…).
O próprio Benny Gantz (Chefe do Estado Maior de Israel) disse que são os próprios árabes que determinariam os ataques de Israel, pois ‘o silêncio seria respondido por silêncio, mas o ataque aos civis israelenses seria respondido com ataques por parte das Forças Aéreas Israelenses (FAI).
Qual a razão da mídia não divulgar a verdade: ‘terroristas de Gaza lançam morteiros e mísseis contra Israel’? Desde 09.03, quase 300 mísseis foram lançados contra a população israelense. Dezenas de israelenses foram feridos. Mais de 1.000.000 de pessoas subjugadas pelo medo e desespero de não serem livres para ir e vir em sua própria terra… As chamadas aos serviços de apoio emocional aumentaram em 150% nesse período. Hospitais foram obrigados a dar alta aos pacientes menos graves e transferir outros mais necessitados. Miraculosamente, até o momento, nenhum israelense foi morto! Louvado seja o SENHOR por isso, pois o Guarda de Israel mantém Sua Palavra de guardar Seu povo como a ‘menina do Seu olho’.
Louvado seja o SENHOR pelo sistema de defesa anti-mísseis israelense que funcionou muito bem durante esta semana, o ‘Iron Dome’, interceptando 90% dos mísseis lançados contra seu território (http://www.youtube.com/watch?feature=player_popout&v=4Y39fsXAUKQ).
Um vídeo-mensagem foi realizado pelos soldados das FDI que operam os ‘Iron Dome’ instalados em posições estratégicas à população israelense (http://www.youtube.com/watch_popup?v=_-wETUOJDmc), onde declaram:
‘Nós temos permanecido aqui nos últimos dias, tentando manter vocês a salvo dia e noite’. ‘Trabalhamos intensamente no último final de semana, e o fizemos com dedicação (constância, lealdade) e responsabilidade’. ‘Faremos todo o possível para manter os cidadãos do sul seguros e nosso país protegido deste ataque’.
Louvemos a YAH pela sabedoria que tem dado aos militares e cientistas para desenvolver tais sistemas de defesa. “Também fez em Jerusalém máquinas da invenção de engenheiros, que estivessem nas torres e nos cantos, para atirarem flechas e grandes pedras; e propagou a sua fama até muito longe; porque foi maravilhosamente ajudado, até que se fortificou” (2 Crônicas 26.15).
Um cessar fogo foi declarado na 2ª feira e a jihad islâmica o celebrou declarando ‘vitória por causa do sangue dos mártires, pelo povo árabe e pela resistência’. Infelizmente, 26 árabes morreram, dos quais 22 eram terroristas e quatro civis (provavelmente usados como escudos). Gantz lamentou a morte dos quatro civis, mas afirmou que a segurança de Israel deve ser mantida. Menos de 48 horas depois, o cessar fogo foi quebrado pelos árabes, que voltaram a atacar na 4ª feira à tarde, levando escolas a serem fechadas novamente. Aliás, os terroristas, apesar do cessar fogo, não pararam de lançar mísseis em Israel.
De acordo com o general aposentado Tsvi Fogel, ex-comandante da Brigada do Sul, o único modo de pôr fim a essa ameaça é o ataque terrestre a Gaza. De acordo com ele, além do desejo de minar e destruir Israel, os vários grupos terroristas que operam em Gaza estão disputando entre si a hegemonia da área, mostrando-se como os valentes lutadores contra o inimigo sionista. Há vários meses se fala de um ataque terrestre em Gaza para desmantelar seus armamentos. Sem isso, Israel continuará sob ataque árabe.
Uma incursão israelense em Gaza drenaria as forças israelenses para a região, tornando outras fronteiras vulneráveis. Ao mesmo tempo, essa falta de paz e o ataque constante à soberania de Israel não pode continuar. Em 2008, quando Israel avançou contra Gaza, o SENHOR estava ali e a ordem era de retomar Gaza; mas, infelizmente, Israel recuou e hoje os resultados estão aí: novos ataques e nova instabilidade, num momento que Israel deveria estar concentrada nas questões do Irã.

A resposta do mundo:
Desde agosto de 2005, por iniciativa de Israel mesmo, todos os judeus foram retirados de Gaza e esta foi deixada aos árabes. Nenhum judeu vive lá hoje; não existem assentamentos judaicos em Gaza. Então, por que o ataque? O único judeu que viveu lá por quatro anos, à revelia, porquanto obrigado uma vez que era seqüestrado, Gilad Shalit, já não está mais lá, pois foi comprado por mais de 3000 árabes (presos em presídios israelenses, certamente não por terem assaltado velhinhas e roubado o doce de crianças…).
Em 2008-2009, Israel teve que atacar Gaza, por causa dos ataques de mísseis (menos potentes do que os atuais), mais de 4000 mísseis contra Israel em menos de cinco anos. E o mundo CONDENOU a ação de Israel, embora esta tivesse tomado precauções reais sobre civis que outros exércitos não têm tomado, ligando para cada residência avisando para que as pessoas deixassem o local, pois seria atacado, lançando folhetos para a população avisando dos ataques…
Há vários meses, Israel solicita que a ONU condena os constantes ataques de Gaza contra Israel, mas a OMISSÃO tem sido a resposta.
Os muçulmanos que dominam o parlamento egípcio viram os ataques aéreos a Gaza e as mortes como ‘crimes de guerra’ e na 2ª feira, 12.03, votaram unanimemente pela expulsão do embaixador de Israel no Cairo, declarando: ‘o Egito nunca será amigo, parceiro ou aliado da entidade sionista a qual consideramos como o inimigo número um do Egito e da nação árabe’.
EUA e UE condenaram os ataques, mas nada além disso. Em declaração recente, o ‘comandante em chefe’ (como se auto-intitulou obama durante sua exposição na AIPAC 2012 (The American Israel Public Affairs Committee), semana passada, roubando o lugar do Comandante em Chefe JESUS) disse que ‘os dois lados, Israel e hamas, devem restaurar a calma’, esquecendo-se do fato de que Gaza tem atacado Israel, de que o hamas foi a única organização que condenou o assassinato de osama bin laden, de que hamas é uma organização terrorista e não um governo que busca a paz com seus vizinhos, a ordem e o bem-estar de sua população, senão a destruição dos sionistas judeus e a tomada de todo o território em mãos de Israel. Entretanto, obama pede que os ânimos se acalmem…
Erdogan, o primeiro ministro da Turquia aproveitou a oportunidade para atacar verbalmente Israel pelo ‘metódico massacre’ em Gaza: ‘Um lento e metódico massacre foi implantado na ‘terra de Israel’ desde início do século 20. Reitero a chamada a Israel para que pare com o ataque ‘inumano’ a Gaza e aos territórios árabes’. Falando aos cidadãos israelenses (como fez Rabsaqué ao amedrontar a população em Yehudah – 2 Reis 18 e 19; Isaías 36 e 37) e referindo-se ao Holocausto, disse: ‘Intimo os cidadãos de Israel, eles mesmos vítimas do genocídio, a se oporem a qualquer tentativa de genocídio contra os árabes e pedirem para que seu país cesse os ataques’. Quanta ousadia! Quanto disparate!
Seguiu declarando que continuará a opor-se firmemente à injustiça e permanecerá pelo povo de Gaza. Sequer mencionou o fato de que os terroristas de Gaza têm, constantemente, atacado Israel com seus mísseis.
Nasrallah, o líder do hisb’allah, no Líbano, congratulou a organização terrorista em Gaza por fazer com que 500.000 israelenses gastassem seus dias em abrigos anti-aéreos. ‘Essa é uma grande fórmula’ e exortou o povo de Gaza a permanecer firme diante dos ataques israelenses. Também acusou Israel pelo aumento da violência no sul, dizendo que ‘as forças de ocupação começaram a guerra com o ataque aéreo que resultou na morte do líder do comitê de resistência popular, zuhir qaisi’. ‘Os eventos em Gaza recorda-nos a hipocrisia e duplo padrão do Ocidente’
Irã, por sua vez, celebra a vitória de Assad em retomar Idlib e o triunfante ataque dos mísseis de Gaza contra Israel. O que planejavam, de desviar a atenção de Israel para impedir um ataque contra suas instalações nucleares começa a tomar forma. Nesta semana, para incrementar os ataques ao sul de Israel, emissários iranianos e membros da inteligência militar do hisb’allah se encontraram em Fatma, fronteira libanesa com Israel, nas proximidades de Metulah (extremo norte de Israel). Por vezes, chegaram bem próximos à divisa para espionar o trabalho das FDI de fortificação das cercas e barreiras fronteiriças, e para provocar também, pois um dos iranianos, desde a barreira, gritou: ‘os Sionistas podem construir qualquer muro que eles queiram, quer de concreto, de aço ou plástico, porque nós e hisb’allah o derrubaremos, assim como a Israel’ (exatamente como as ameaças de Rabsaqué e Senaqueribe contra Yehudah – 2 Reis 18 e 19; Isaías 36 e 37). Com essa provocação, certamente o Irã está incentivando os terroristas do ‘hisb’allah’ a atacarem Israel pelo norte, impedindo assim que Israel tenha tempo, recursos e disponibilidade para uma incursão ao Irã.
Durante seu discurso no Knesset, na última 4ª feira, Netanyahu teria ‘respondido’: ‘nós atacaremos Irã mesmo que nossos amigos americanos se oponham’.
O SENHOR diz: “Quem é injusto, faça injustiça ainda; e quem está sujo, suje-se ainda; e quem é justo, faça justiça ainda; e quem é santo, seja santificado ainda. E, eis que cedo venho, e o Meu galardão está coMigo, para dar a cada um segundo a sua obra” (Apocalipse 22.11,12) – é exatamente a situação em que vivemos, quando começam a dizer que o santo é profano e o profano é santo…

Ontem, enquanto lia esses artigos de condenação a Israel ou de apaziguamento àqueles que querem destruí-la, chorei… chorei pela injustiça de tais acusações; chorei pela falta de discernimento dos reis; chorei porque YAH chora pelos injustiçados: civis de ambos os lados.

Esforçai-vos, e tende bom ânimo; não temais, nem vos espanteis, por causa do rei da Assíria, nem por causa de toda a multidão que está com ele, porque há Um maior conosco do que com ele. Com ele está o braço de carne, mas conosco YHVH ELOHEINU, para nos ajudar, e para guerrear por nós. E o povo descansou nas palavras de Ezequias, rei de Yehudah” (2 Crônicas 32.7,8) – que o povo sob ataque se volte para a Palavra e perceba que ELOHEI Israel é O mesmo ontem, hoje e sempre, DEUS fiel que cumpre Suas promessas, para que Seu Nome seja glorificado em Israel e no meio das nações da Terra.

Clamemos ao SENHOR ELOHEI Israel, que fortaleça os ferrolhos das portas em Israel, abençoe seus filhos dentro dela, guardando e preservando suas vidas e integridade emocional, física e espiritual; que ELE lhes revele a verdadeira paz, Sar Shalom YEHOSHUA; que ELE farte Israel com a flor da farinha, sustentando-a com Sua destra fiel (Salmo 147.13,14).

Hoje é shabat – que neste dia de descanso, os líderes que se reúnem em casa de Netanyahu para estudar a Torah e os líderes que ali não se encontrarem, todos tenham seus ouvidos ungidos para receber conselhos divinos e tenham seus corações capacitados a obedecer aos comandos recebidos. Só o SENHOR sabe como lidar com essa situação efetivamente. Clamemos para que Seus conselhos sejam derramados nos corações dos líderes em Israel. Juntamente, que haja unidade no entendimento do que fazer e como fazer para que Israel e a população sejam protegidas. “Disse-me mais: Filho do homem, recebe no teu coração todas as Minhas Palavras que te hei de dizer, e ouve-as com os teus ouvidos” (Ezequiel 3.10).

Que as FDI estejam preparadas, em todo o país, para realizar o que tiver que realizar. Se houver necessidade de incursão a Gaza, que ela seja rápida, efetiva e que o SENHOR permita que o trabalho que não findaram em 2009 possam fazê-lo, em Nome do SENHOR JESUS.

Seja o SENHOR a Rocha, a Fortaleza, o Libertador de Israel, o DEUS, a Força e a Salvação, o Alto Refúgio dos israelenses (Salmo 18.2). Que seus olhos busquem acima dos altos montes e saibam que Shomer Israel tem zelado por suas vidas de dia e de noite, ao saírem e ao entrarem (Salmo 121). Ponham sua confiança no SENHOR, ELOHEI Israel. E comecem a caminhar em intimidade com seu REI e SENHOR, em Nome de JESUS CRISTO. Que todo esse sofrimento e angústia porque estão passando, aproxime-os mais e mais para Seu Libertador, rumo à sua maturidade nELE.

Como tem feito até agora, o SENHOR envie Seus anjos guerreiros e guardadores para proteger todas as fronteiras de Israel, as do norte, do sul, do leste e do ocidente. Sobre aqueles que estão vivendo sob pressão intensa e medo, que o SENHOR os conforte e console, derrame Sua paz em seus corações e tenham um shabat de descanso nELE mesmo, em Nome do SENHOR JESUS – “Porque EU bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais” (Jeremias 29.11).

Que os 10% de ineficácia do Iron Dome sejam supridos pelos anjos do SENHOR, em desviar e detonar os mísseis e morteiros que não forem captados pelo sistema anti-míssel israelense, em Nome do SENHOR JESUS; e que os soldados que estão trabalhando ali possam testemunhar do que não têm feito, mas vendo ser feito pelo SHOMER Israel (Guarda de Israel).

Que o Corpo do MESSIAS em Israel, especialmente no Negev seja luzeiro em meio à opressão maligna trazida pelo medo. Que sejam um referencial para seus vizinhos e amigos, de como estão respondendo a isso.

Que os planos do Irã de incentivar hisb’allah e Síria a atacarem Israel sejam bloqueados, frustrados, em Nome do SENHOR JESUS.

Que Israel pare de ouvir e se importar com a opinião do mundo, e passe a preocupar-se com aquilo que importa para ELOHEI Israel, o SENHOR dos Exércitos e Comandante em Chefe daquela nação!

Que Israel se achega ao seu SENHOR e REI, com amor, entendimento, discernimento e LHE diga:
Se Tua Presença (Facemesmo não for conosco, não nos faças subir daqui. Como, pois, se saberá agora que temos achado graça aos Teus olhos? Acaso não é por andares TU conosco, de modo a sermos separados, nós, o Teu povo, de todos os povos que há sobre a face da Terra?” (Êxodo 33.15,16)
“Não conquistamos a terra por nossa espada, nem nosso braço nos salvou, mas a Tua destra e o Teu braço, e a luz da Tua Face (Presença), porquanto Te agradaste de nós” (Salmo 44.3)

O ministro da justiça, Yaacov Ne’eman [a palavra ‘neeman’ significa: confiávelhonestofielleal;autorizadoformadoexperiente], disse que o problema de Israel não são os ataques ao sul do país, mas o ‘sinat chinam’ (ódio infundado) entre judeus e judeus. Comparou o Iron Dome (‘cúpula de ferro’) com okipah (solidéu utilizado por judeus religiosos, cujo significado é ‘cúpula’ ou ‘dome’). O sistema de defesa anti-míssel é chamado de ‘kipat barzel’. ‘Eu disse ao Ministro da Defesa – é o nosso kipah. E DEUS nos protege quando estamos unidos e atraímos as bênçãos de DEUS para cada um’.

Que o SENHOR levante mais e mais homens fiéis à Verdade (JESUS é a Verdade), autorizados por ELE mesmo a exortar com a Verdade e clamemos pela unidade do povo em Israel, pois é ali que as bênçãos de YAH serão atraídas sobre todo o povo – e a vida abundante é promessa de YEHOSHUA para aqueles que nELE confiam.

Como foi o AIPAC 2012 e a ameaça ‘uraniana’
Então o SENHOR herdará a Yehudah como Sua porção na terra santa, e ainda escolherá a Jerusalém. Cala-te, toda a carne, diante do SENHOR, porque ELE Se levantou da Sua santa morada” (Zacarias 2.12,13)

Se vocês se recordam do último informe, uma das orações que clamamos foi para que, como Achashverosh deu ordem para que Ester e Mordechai enviassem cartas para permitir que os judeus em seu reino se defendessem dos ataques de 13 de Adar, ‘obama’ também ‘dessem autorização’ para que Israel se defendesse contra as ameaças ‘uranianas’. Logo na abertura dos trabalhos da AIPAC, ‘Achashverosh’ (obama) declarou: ‘Manteremos a guarnição militar israelense, porque Israel deve sempre preservar sua habilidade de defender-se por si mesma contra qualquer ameaça’.

Louvemos ao SENHOR porque o selo na carta aos judeus foi posto e Israel está liberado (por uma questão de legalidade) para atuar em defesa própria. Louvado seja o SENHOR por esta resposta de oração tão pronta! HalleluYAH!!!

Netanyahu disse: ‘Esperamos pelo trabalho da diplomacia; esperamos que as sanções funcionassem. Nenhum de nós pode se dar ao luxo de esperar muito mais tempo’. ‘Como primeiro ministro de Israel, nunca deixarei que meu povo viva na sombra da aniquilação’. Netanyahu, em todo tempo de seu discurso, deixou claro que o Estado de Israel reserva-se ao direito de agir em sua própria defesa no tempo em que lhe for mais conveniente. Ainda declarou que ‘um Irã nuclearmente armado dramaticamente aumentaria o terrorismo por garantir aos terroristas um ‘guarda-chuva’ (entenda-se ‘cobertura’) nuclear. O terrorismo que vemos hoje seria intensificado dez vezes ou mais’.

Ao retornar a Israel, Netanyahu foi bombardeado de questionamentos por parte da mídia sobre as conseqüências de um ataque ao Irã, ao que respondeu, por fim, que a mídia, em vez de anunciar o que pode acontecer, deveria anunciar o que pode acontecer a Israel e ao mundo se Israel não atacar as instalações nucleares iranianas.

Em uma recente pesquisa, 81% dos israelenses são contrários à ação militar única de Israel; entretanto, dois em cada três israelenses aprovam uma ação conjunta com EUA.

A luta do Irã não é somente contra Israel, mas contra o mundo, para conquistá-lo para satanás (allah). Se perder para Israel e ganhar a unidade dos muçulmanos, isso será vitória para Irã. Mais ainda, se Israel vencer o Irã em uma batalha e conseguir que o mundo fique contra Israel, essa será uma vitória maior ainda.

Paulo escreveu aos crentes de Roma: “Pois eu digo que o MESSIAS tornou-Se Servo do povo judeu para demonstrar a confiabilidade de ELOHIM ao confirmar Suas promessas feitas aos patriarcas, a fim de demonstrar Sua misericórdia ao fazer os goyim glorificarem a ELOHIM. Como está escrito: ‘Por causa disso, EU Te reconhecerei entre os goyim e cantarei louvores a Teu Nome’. E diz outra vez: ‘Goyim, regozijem-se com o povo dELE’” (Romanos 15.8-10).

O SENHOR Se fez servo dos judeus para cumprir as promessas que YHVH fizera a Avraham, Itschaq, Yaacov, Moshe, David e tantos outros heróis da fé que creram em Suas promessas e nelas ficaram firmes. E exorta os gentios (goyim) a alegrarem-se com Seu povo Israel, quando ELE trouxer juízo sobre Seus inimigos. Isso serão boas novas ao mundo inteiro. Se ao Irã for permitido desenvolver armas nucleares, isso será uma maldição, não só para Israel, mas para toda a humanidade.

O versículo 10 de Romanos 15 é referência do cântico de Moshe em Deuteronômio 32.43 – “Vede agora que EU, EU Sou, e mais nenhum deus há além de Mim; EU mato, e EU faço viver; EU firo, e EU saro, e ninguém há que escape da Minha mão. Porque levantarei a Minha mão aos céus, e direi: EU vivo para sempre. Se EU afiar a Minha espada reluzente, e se a Minha mão travar o juízo, retribuirei a vingança sobre os Meus adversários, e recompensarei aos que Me odeiam. Embriagarei as Minhas setas de sangue, e a Minha espada comerá carne; do sangue dos mortos e dos prisioneiros, desde a cabeça, haverá vinganças do inimigo. Jubilai, ó goyim, o Seu povo, porque ELE vingará o sangue dos Seus servos, e sobre os Seus adversários retribuirá a vingança, e terá misericórdia da Sua terra e do Seu povo” (Deuteronômio 32.39-43).

Em seu discurso na conferência do AIPAC 2012, obama mostrou-se mais uma vez mentiroso e enganador, porque suas ações têm sido completamente dissonantes de suas palavras. Além disso, sua posição em deslegitimar e enfraquecer Israel, por ameaçar sua posição contra o Irã e impedir que qualquer ataque seja imputado àquela nação antes de sua ‘reeleição’ em novembro desse ano (e existem rumores de que ele tenha ameaçado Netanyahu de se opor ferozmente a ele e a Israel em seu ‘certo’ segundo mandato); por declarar ilegais os assentamentos em Judéia e Samaria; por exigir que Israel volte às fronteiras indefensáveis anteriores a 1967; por estimular os árabes a solicitarem o reconhecimento de um estado árabe em terras de Israel; por permitir o fortalecimento militar dos procuradores do Irã no Oriente Médio, como hisb    allah, no Líbano, hamas, em Gaza; por apoiar a ‘primavera árabe’ no Egito, que garantiu o poder à irmandade muçulmana, organização terrorista contrária a Israel, pondo em risco o tratado de paz Egito-Israel da década de 70; pela omissão à situação na Síria… de modo geral, sua péssima política externa para o Oriente Médio e totalmente anti-semítica; por opor-se a sanções rigorosas sobre o Irã, sendo contra o seu próprio parlamento (ainda não aplicou as sanções sobre o Banco Central Iraniano); tudo isso só trará julgamento de YAH sobre os EUA e sobre todos aqueles que têm se levantado contra a ‘menina do Seu olho’.

aiatolá khamenei louvou obama por sua declaração de não pensar em fazer guerra contra o Irã. Tal elogio deve ser tomado, mais do que nunca, como alerta para preparo de guerra.

“Eis que as nações são consideradas por ELE como a gota de um balde, e como o pó miúdo das balanças; eis que ELE levanta as ilhas como a uma coisa pequeníssima… Todas as nações são como nada perante ELE; ELE as considera menos do que nada e como uma coisa vã… Levantai ao alto os vossos olhos, e vede quem criou estas coisas; foi Aquele que faz sair o exército delas segundo o seu número; ELE as chama a todas pelos seus nomes; por causa da grandeza das Suas forças, e porquanto é forte em poder, nenhuma delas faltará” (Isaías 40.15,17,26)

É tempo de estar diante do trono da graça de YHVH e observar o Seu falar e o Seu agir para orar em concordância com ELE!

Sigamos orando e clamando pela misericórdia e sabedoria do SENHOR sobre toda a liderança em Israel, por revelação, discernimento, ousadia e disposição de operar conforme a vontade do SENHOR dos Exércitos. Que todos estejam comprometidos em fazer o que vai glorificar ao SENHOR JESUS.

Clamemos por coragem e fortalecimento de Netanyahu e o governo de Israel para fazer aquilo que está no coração do PAI a ser feito nesse tempo. Como Mordechai que instruiu Ester, como Ester que ouviu e se dispôs, assim sejam Netanyahu e todos os líderes (militares, civis, políticos, religiosos) em Israel. Que o coração do rei incline-se para fazer a vontade do Poderoso de Israel. Que ELE seja o condutor dos próximos passos de Israel (Provérbios 21.1).

Clamemos para que o SENHOR liberte Israel da ameaça de ataque nuclear, químico e biológico, sabendo-se que há armas químicas e biológicas de posse de Bashar al-Assad, presidente da Síria, e que está ameaçando transferi-las às organizações terroristas. Clamemos pela proteção de Israel em todos os sentidos, em Nome do SENHOR JESUS.

Clamemos pelo poder sobrenatural em lidar com as ameaças iranianas. Que tudo seja no perfeito tempo de DEUS, da maneira perfeita de DEUS, para que somente o Seu Nome seja glorificado e exaltado. “Quem dera eles fossem sábios! Que isto entendessem, e atentassem para o seu fim! Como poderia ser que um só perseguisse mil, e dois fizessem fugir dez mil, se a sua Rocha os não vendera, e o SENHOR os não entregara? Porque a sua rocha não é como a nossa Rocha, sendo até os nossos inimigos juízes disto” (Deuteronômio 32.29-31). “Bem-aventurado tu, ó Israel! Quem é como tu? Um povo salvo pelo SENHOR, o Escudo do teu socorro, e a Espada da tua majestade; por isso os teus inimigos te serão sujeitos, e tu pisarás sobre as suas alturas” (Deuteronômio 33.29).

Que todo o povo e toda liderança em Israel ‘sejam fortes e corajosos’ (Josué 1.6) e estejam preparados para todo e qualquer perigo que lhes sobrevenha e que tenham a firme convicção de que: “Naquele dia o SENHOR protegerá os habitantes de Jerusalém; e o mais fraco dentre eles naquele dia será como David, e a casa de David será como DEUS, como o Anjo do SENHOR diante deles. E acontecerá naquele dia, que procurarei destruir todas as nações que vierem contra Jerusalém” (Zacarias 12.8,9).

Que o SENHOR prepare Israel para a possibilidade de que ELE use Israel, Seu primogênito entre as nações, para lidar com a ameaça ‘uraniana’ – “Dêem a glória ao SENHOR, e anunciem o Seu louvor nas ilhas. O SENHOR sairá como Poderoso, como Homem de guerra despertará o zelo; clamará, e fará grande ruído, e prevalecerá contra Seus inimigos. Por muito tempo Me calei; estive em silêncio, e Me contive; mas agora darei gritos como a que está de parto, e a todos os assolarei e juntamente devorarei” (Isaías 42.12-14).

Que os governantes em Yehudah possam dizer em seus corações: ‘Os habitantes de Jerusalém são minha força no SENHOR dos Exércitos, seu DEUS’ (Zacarias 12.5).

Que o SENHOR vá adiante de Seu povo, saindo à frente na batalha contra Seus inimigos e inimigos de Seu povo Israel, aplainando-lhes o caminho e adestrando seus dedos para a guerra, para a glória de Seu Santo Nome: “Não temas, tu verme de Jacó, povozinho de Israel; EU te ajudo, diz o SENHOR, e o teu Redentor é o Santo de Israel. Eis que farei de ti um trilho novo, que tem dentes agudos; os montes trilharás e moerás; e os outeiros tornarás como a pragana. Tu os padejarás e o vento os levará, e o redemoinho os espalhará; mas tu te alegrarás no SENHOR e te gloriarás no Santo de Israel” (Isaías 41.14-16).

Tenho clamado para que o Nome de YAH seja glorificado. E em razão disso, na semana passada, o SENHOR me disse para orar pela salvação de ahmadinejad e ali khamenei. Imaginem quão glorioso seria a conversão ao Onipotente desses homens! Portanto, clamemos pela salvação deles e que o nome de allah seja envergonhado, para a glória do SENHOR JESUS. Que o SENHOR quebre o arco do Elão, a principal força de seu poder, envergonhando a satanás, pela queda do islamismo, em Nome do SENHOR JESUS.

Que toda a fofoca, toda mentira, toda evasiva e difamação, brigas internas geradas pela mídia e os partidos políticos de oposição cessem, em Nome do SENHOR JESUS e haja, de fato, unidade entre líderes e povo, pois, uma nação dividida não prospera.

Concernente aos inimigos de Israel que têm maquinado em seus corações e declarado publicamente a destruição de Israel para que seu nome não seja mais lembrado, que o SENHOR faça os inimigos de Israel como tufão, como a aresta diante do vento; que o SENHOR os persiga com a Sua tempestade e os assombre com Seu torvelinho. Suas faces encham-se de vergonha para que busquem ao Nome do Único e Verdadeiro DEUS e SENHOR, YHVH. Que o SENHOR os confunda e os assombre; envergonhados sejam e pereçam, para que saibam que YHVH, a Quem só pertence o Nome de ADONAI, é o Altíssimo sobre toda a Terra, e que seus joelhos se dobrem diante de Sua Majestade e confessem que somente ELE é SENHOR, para a glória de DEUS PAI (Salmo 83.4,13-18Filipenses 2.10,11).
Que venham abalos e terremotos no Irã, bem pontuais, para engolir as facilidades nucleares iranianas, da mesma forma que o SENHOR fez com Abirão, Datã e Coré (Números 16.28-24). Que erros e acidentes aconteçam mais e mais nesses locais, ao ponto que seja insustentável seu funcionamento e os equipamentos sejam todos danificados severamente, sem conserto.

Que erros diplomáticos e políticos severos sejam feitos pelos líderes iranianos, ao ponto de serem desabilitados e desautorizados a governar. Que o projeto de ali khamenei de tornar o Irã um califado seja frustrado e nem deixe o inferno, em Nome do SENHOR JESUS.

Que haja confusão e divisão no arraial dos inimigos, em Nome do SENHOR JESUS. Que a trama que o Irã quer executar em inspirar e incentivar hisb’allah a abrir uma outra frente de ataque contra Israel e mesmo a Síria de fazer o mesmo, seja paralisada, anulada, cancelada, bloqueada, frustrada, em Nome do SENHOR JESUS. Sejam projetos que não consigam vir a termo, em Nome do SENHOR JESUS – “O SENHOR desfaz o conselho dos gentios, quebranta os intentos dos povos. O conselho do SENHOR permanece para sempre; os intentos do Seu coração de geração em geração” (Salmo 33.10,11).

Louvamos ao SENHOR porque o desejo do inimigo de e seus planos para desarraigar Israel do mapa, a fim de que não haja memória de seu nome entre as nações, será totalmente frustrado para a glória de Seu Nome, pois Israel é a prova cabal da existência de YAHVEH. Podemos nos regozijar com ELE porque, se não permitiu que isso acontecesse em 2000 anos pela tentativa do imperador Adriano, no 2º século EC, que alterou o nome de Israel para ‘síria palestina’ (mais tarde, ficou só ‘palestina’), certamente não permitirá que isso aconteça em outros 2000 anos. Exaltemos o Seu Grandioso e Vivo Nome, porque só ELE pode guardar as promessas a Israel e a nós feitas! HalleluYAH!

Clamemos por sabedoria para Netanyahu, líderes e a mídia israelense, para que não façam como o rei Ezequias que revelou todos os tesouros de seu reino, o que o tornou vulnerável e permitiu que Bavel cobiçasse suas riquezas. Que eles saibam o que devem compartilhar, com quem, quando e como compartilhar. Que não se dobrem às pressões internacionais para revelar seus planos, em Nome do SENHOR JESUS. Que também não sucumbam à manipulação ou suborno ou chantagem por parte das outras nações, mas entendam que o segredo é sempre surpreendente (2 Reis 20.13). Que não sejam tão inconseqüentes e despreocupados com as conseqüências futuras de seus atos, mas sejam responsáveis e também tenham discernimento dos tempos e das estações em que estamos vivendo, em Nome do SENHOR JESUS – “Põe, ó SENHOR, uma guarda à minha boca; guarda a porta dos meus lábios. Não inclines o meu coração a coisas más, a praticar obras más, com aqueles que praticam a iniqüidade; e não coma das suas delícias”(Salmo 141.3,4).

Que com toda essa situação de estresse e medo, venham ondas de salvação varrendo a nação de Israel e conduzindo muitíssimos para o Reino de YHVH, por meio de YEHOSHUA o MASHIACH de Israel.

Abundantes chuvas e neve em Israel. HalleluYAH!

A terra abalava-se, e os céus destilavam perante a face de DEUS; até o próprio Sinai foi comovido na presença de DEUS, ELOHEI Israel. TU, ó DEUS, mandaste a chuva em abundância, confortaste a Tua herança, quando estava cansada” (Salmo 68.8,9)

Depois de sete anos de seca intensa, o SENHOR Se compadeceu de Seu povo e tem enviado chuvas e neve abundantemente, ao ponto do Qineret (Mar da Galiléia) subir 1,25 m acima do nível da linha vermelha (ano retrasado, esteve muito próximo da linha preta, 214,87 metros abaixo do nível do mar, quando não era possível bombear água do rio para abastecer as cidades em redor e em Jerusalém. Não nos esqueçamos que o Qineret é o maior reservatório de água de Israel e abastece Israel, Jordânia e áreas que são controladas pelos árabes que vivem em Israel). Para que chegue ao seu nível normal, ainda são necessários 3,5 m de chuvas (parte disso virá quando o degelo do Hermon se iniciar, na primavera).

O SENHOR Se agrada dos que O temem e dos que esperam na Sua misericórdia. Louva, ó Jerusalém, ao SENHOR; louva, ó Sião, ao teu DEUS. Porque fortaleceu os ferrolhos das tuas portas; abençoa aos teus filhos dentro de ti. ELE é o que põe em paz os teus termos, e da flor da farinha te farta. O que envia o Seu mandamento à terra; a Sua palavra corre velozmente. O que dá a neve como lã; esparge a geada como cinza; O que lança o Seu gelo em pedaços; quem pode resistir ao seu frio? Manda a Sua Palavra, e os faz derreter; faz soprar o vento, e correm as águas. Mostra a Sua Palavra a Jacó, os Seus estatutos e os Seus juízos a Israel. Não fez assim a nenhuma outra nação; e quanto aos Seus juízos, não os conhecem. Louvai ao SENHOR” (Salmo 147.11-20).

No Negev, cujas precipitações dos últimos seis anos foi de 200-240 mm, recebeu 100 mm de chuvas nesses últimos dias. HalleluYAH! Santo de Israel é o Seu Nome! Além disso, até em Chevron tem nevado, como no norte de Israel e em Jerusalém! Pela primeira vez em mais de 10 anos, a neve sobre Har (monte) Hermon mediu quase dois metros de profundidade.

Em tempos como estes, quando ‘nuvens de guerra’ avançam sobre Sião, o SENHOR, ‘que tem zelado por Jerusalém e por Sião com grande zelo’, ‘que escolherá, ainda, a Jerusalém’, ao observar tantas ameaças sobre Seu povo, certamente está confirmando Sua herança em Eretz Israel, ao enviar chuvas e neve em abundância:

Assim diz o SENHOR dos Exércitos: Com grande zelo estou zelando por Jerusalém e por Sião. E com grande indignação estou irado contra os gentios em descanso; porque EU estava pouco indignado, mas eles agravaram o mal. Portanto, assim diz o SENHOR: Voltei-Me para Jerusalém com misericórdia; nela será edificada a Minha casa, diz o SENHOR dos Exércitos, e o cordel será estendido sobre Jerusalém: Clama outra vez, dizendo: Assim diz o SENHOR dos Exércitos: As Minhas cidades ainda aumentarão e prosperarão; porque o SENHOR ainda consolará a Sião e ainda escolherá a Jerusalém” - Zacarias 1.14-17.

Portanto, “atribuamos a ELOHIM fortaleza; a Sua excelência está sobre Israel e a Sua fortaleza nas mais altas nuvens. Ó DEUS, TU és tremendo desde os Teus santuários; ELOHEI Israel é O que dá força e poder ao Seu povo. Bendito seja DEUS!” (Salmo 68.34,35).

Louvemos e exaltemos o Nome do Santo de Israel, EH’YEH ASHER EH’YEH (EU SOU O QUE SOU), que abriu as comportas dos céus para Israel, Seu servo, durante esse inverno.

Clamemos para que o SENHOR continue a ser misericordioso com Seu povo e enviar as chuvas e neve necessárias para suprir toda a carência de água, em todos os lugares de Israel, pois ELE faz brilhar Seu sol para maus e bons, e envia Suas chuvas sobre justos e injustos (Mateus 5.45b).

Que haja sabedoria dos cidadãos e dos turistas em utilizar as águas preciosas de Israel. Que o SENHOR derrame sabedoria e consciência sobre todos para a preservação desse bem tão essencial, cuidando disso como um presente ofertado por YAH para a humanidade.

“Christ at the Checkpoint”
A conferência aconteceu e alguns judeus messiânicos que puderam falar, louvado seja o SENHOR por isso, anunciaram a verdade da Palavra, mas foram ridicularizados pela agenda anti semítica e seus seguidores. A Verdade naquele lugar foi anunciada e clamemos para que aqueles corações que são zelosos pelo SENHOR sejam preservados e tenham seus corações libertos e transformados pela Verdade, em Nome do SENHOR JESUS.

Uma das conseqüências desse nefasto congresso foi o fechamento, esta semana, da 1ª Igreja Batista de Belém, do Reverendo Naim Khoury, considerada ilegal. A animosidade islâmica contra árabes também tem crescido naquela região. Conheço o reverendo Khoury e seu trabalho (por cinco vezes atentaram contra sua vida, três das quais foi baleado); é um servo fiel ao SENHOR e tem amor por Israel, batalhando pela causa de Sião. Claramente, seu fechamento e nesse momento, se deve à atuação de ditos cristãos anti-sionistas e, portanto, anti-bíblicos, que vivem em Israel.

Que o SENHOR proteja e guarde o Corpo do MESSIAS de mentiras e a falsa doutrina da teologia da substituição seja arrancada de nossos arraiais. Que essa teologia, arquitetada e edificada no inferno, queime e queime, sem sobrar uma letra sequer dela, em Nome do SENHOR JESUS CRISTO, porque toda a Palavra de YHVH permanecerá e se cumprirá!

Que o SENHOR guarde e proteja todos aqueles que estão dispostos a seguir a verdade e a estar pela verdade. Que o SENHOR guarde o Reverendo Khoury e sua congregação, abrindo suas portas, para o louvor e a glória do Seu Nome. Que essa perseguição ao verdadeiro Corpo do MESSIAS em Belém redunde em mais e mais salvação e cidadãos entrando no Reino de YHVH, em Nome do SENHOR JESUS.

Que toda a mentira dissipada naquele lugar seja recolhida pelos anjos do SENHOR e a Verdade pregada como fogo que queima toda a impureza – “Faz dos Seus anjos espíritos, dos Seus ministros um fogo abrasador” (Salmo 104.4).

A Palavra, que é viva e eficaz, e mais penetrante do que qualquer arma de dois gumes e penetra ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, prevaleça, prevaleça e prevaleça, e o Nome do SENHOR seja glorificado e exaltado por todos aqueles que, hoje, se levantam contra ELE e Seu povo Israel.

Clamemos pela unidade e fortalecimento do Corpo do MESSIAS em Israel; que sejam livres de toda a confusão doutrinária, de toda a mentira sedutora que tenha sido lançada; que tenham mais e mais clareza e revelação da Palavra de YAH; que sejam ensinados, à uma, pelo Ruach HaKódesh, das profundidades da Palavra de vida. Que perseverem e permaneçam  em Sua Palavra, como verdadeiros discípulos de YEHOSHUA (João 8.31,32 – “YEHOSHUA dizia, pois, aos judeus que criam nELE: Se vós permanecerdes na Minha Palavra, verdadeiramente sereis Meus discípulos; e conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará”).

Que os ‘cristãos’ que lá estiveram sejam impactados com a verdade desses versículos: “Assim diz o SENHOR, que dá o sol para luz do dia, e as ordenanças da lua e das estrelas para luz da noite, que agita o mar, bramando as suas ondas; o SENHOR dos Exércitos é o Seu Nome. Se falharem estas ordenanças de diante de Mim, diz o SENHOR, deixará também a descendência de Israel de ser uma nação diante de Mim para sempre. Assim disse o SENHOR: Se puderem ser medidos os céus lá em cima, e sondados os fundamentos da Terra cá em baixo, também EU rejeitarei toda a descendência de Israel, por tudo quanto fizeram, diz o SENHOR. Eis que vêm dias, diz o SENHOR, em que esta cidade será reedificada para o SENHOR, desde a torre de Hanameel até a porta da esquina” (Jeremias 31.35-38). Certamente Jerusalém LHE será edificada e não com mentiras e desprezo à Sua Palavra!

30 de março – a marcha contra Israel
O Vale do Rio Jordão foi escolhido pelos árabes como ponto de encontro para a multidão que está sendo convocada para a ‘marcha global a Jerusalém’ no final deste mês. Em 2011, durante as celebrações dos aniversários de independência de Israel e de início da Guerra dos Seis Dias, árabes libaneses e sírios tentaram atravessar a fronteira violentamente.
Simpatizantes da ‘causa árabe’, muçulmanos e árabes estão sendo convocados para participar desta marcha ‘civil de resistência não violenta’ organizada em Israel, Egito, Líbano, Jordânia e Síria. O objetivo dessa marcha é ‘lutar para libertar a cidade santa de Jerusalém da ocupação sionista ilegal’. ‘Os manifestantes pacíficos requererão a liberdade para Jerusalém e seu povo. Nosso alvo é pôr fim às políticas sionistas de ‘apartheid’, limpeza étnica e judaização, que causam dano ao povo, à terra e à santidade de Jerusalém’, diz o blog que chama participantes à marcha. Chegarão o mais próximo possível do local (http://gm2j.com/main/about/).
Além disso, continua o blog, ‘protestos em frente às embaixadas de Israel nas nações estão sendo preparados
Sabemos que onde os árabes-muçulmanos estão, o termo ‘pacífico’ não existe: “ele será homem feroz, e a sua mão será contra todos, e a mão de todos contra ele; e habitará diante da face de todos os seus irmãos” (Gênesis 16.12).
Outra mentira são os fortes termos usados contra Israel de ‘apartheid’ (os árabes que decidiram permanecer em Israel, durante as guerras de independência e seis dias, gozam de plena liberdade e direitos iguais), ‘limpeza étnica’ (quantos judeus há na Arábia Saudita? Quantos judeus vivem nas cidades controladas pelos árabes que vivem em Israel? Qual tem sido a exigência de mahmoud abbas com respeito à permanência de judeus em Judéia e Samaria? Não é a de que todos sejam removidos e não fique um judeu sequer em ‘suas terras’? Isso é limpeza étnica) e ‘judaização’ (como assim? Como é possível judaizar mais ainda algo que é totalmente judaico? Há mais de 3000 anos, Jerusalém vem sendo judaizada… que terror! Esqueceram de avisar David e todos os reis de sua linhagem, incluindo o MESSIAS YEHOSHUA, Judeu ‘de pai e mãe’ (O Leão da Tribo de Yehudah), que foi crucificado, verteu todo Seu sangue, foi morto, foi sepultado e ressuscitou, tudo isso em JERUSALÉM, a capital única e indivisível do Seu Reino, de que Jerusalém não é judaica. Por que ninguém percebeu isso antes e só agora querem fazer algo?!?!?!…).
Quanta perversidade! Quanta falácia! Que aviltante!
Clamemos para que essa marcha seja um absoluto, tremendo, total e irrestrito fracasso. Que o SENHOR abra as janelas dos céus e faça chover cântaros, saraivas, para impedir que ela aconteça, em Nome do SENHOR JESUS – “Ou entraste tu até aos tesouros da neve, e viste os tesouros da saraiva, que EU retenho até o tempo da angústia, até o dia da peleja e da guerra?” (Jó 38.22,23).

Que o temor do SENHOR seja derramado no coração dos homens que estão organizando e daqueles que participarão; que vejam que essa marcha foi arquitetada no inferno e tem o único objetivo de levá-los à perdição eterna, ao fogo do inferno, porque satanás veio tão somente para matar, roubar e destruir – “E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei (aniquilarei) os que te amaldiçoarem” (Gênesis 12.3a).

Que os anjos do SENHOR sejam destacados para cobrir todas as fronteiras de Israel (aérea, terrestre, subterrânea, marítima, submarina).

Que o Nome de YHVH seja glorificado em tudo e por todos. Que todo joelho se dobre diante dELE e confesse que YEHOSHUA é o SENHOR para a glória de DEUS PAI.

Amado(a), meu desejo é que te vá bem em todas as coisas, e que tenhas saúde, assim como bem vai a tua alma” (3 João 2).

A vontade de ELOHIM nunca o(a) levará aonde a Graça de ELOHIM não o(a) proteja

Com amor no MESSIAS de Israel, YEHOSHUA,

marciah malkah

Jessica Mendonça (159 Posts)


Copyright © 2010 Igreja Batista Jesus é a Vida.

Produzido por tendaestudio