9.9.2014 – Conselhos Bíblicos para 2014

Olá irmãs e irmãos, não se trata de reciclar mensagem, mas achei extremamente oportuno disponibilizar no site um texto adaptado ao semestre, que escrevi na virada de ano de 2013 para 2014, a fim de que você saiba que ainda dá tempo de buscar fazer da vida o melhor em 2014, pois um dia ganho é melhor que mil dias perdidos. Que a Paz da consciência viva da Presença do Altíssimo seja sobre você.

Pr. Inerves

Alguns Conselhos bíblicos para o semestre que estamos vivendo (2º de 2014)

É só mais um semestre, certo? Não, errado e muito errado, pois este é um tempo de Deus para nós. É tempo de plantar e também tempo de colher.

Muitas coisas que deveríamos ter feito no primeiro semestre de 2014, eu e você, não fizemos. Mas, e quanto ao que fizemos? E quanto ao que plantamos?

A resposta é que Deus, por misericórdia, concedeu-nos plantar na fé, no primeiro semestre de 2014.

Com essa mesma fé, é possível que neste final de 2014 colhamos. Lembrando que podemos colher não só o que plantamos, mas também aquilo que outros plantaram, pois “um planta, outro rega, mas Deus dá o crescimento” (I Co. 3.5-8).

Fala-se muito de plantar e colher, mas existe o regar, que não pode ser negligenciado. Regar é cuidar do que foi plantado, é cuidar da família, é cuidar do casamento, é cuidar do emprego, é cuidar do ministério, é cuidar das amizades, é cuidar daquilo que Deus nos deu, para que Ele possa fazer vir o tempo de colheita.

Ao ler o livro de Jeremias, vejo algo triste, que também pode acontecer com nossa vida, se não regarmos. Jer. 2.13 diz que Israel deixou o manancial (a fonte) de águas vivas, para beber água de cisterna (cisterna rota, que não retém água).

Jer. 2.19 nos diz “Sabe, e vê, como é mau e amargo deixares o Senhor teu Deus, e não teres temor de mim, diz o Senhor Deus dos exércitos”. Israel foi buscando soluções por si mesmo para sua vida, sem buscar ao Senhor, e chegou ao ponto de dizer ao pau:  “Tu és meu pai, e à pedra: tu me geraste” (Jer. 2.27).

Diz ainda que quando Deus retirou as chuvas eles não disseram: “Pai meu, tu és o guia da minha mocidade, conservarás para sempre a tua ira? Ou a guardarás continuamente?”(Jer. 3.4). Israel não pediu misericórdia para Deus, que poderia livrá-lo do mal, mas, mesmo assim, Deus ofereceu a misericórdia (Jer. 3.13-18).

Nesta metade final do ano é possível que você e eu nos sintamos fracos, por sermos humanos.

Mas não espere a luz vermelha acender, se é que ainda não acendeu. Porém, se já acendeu, corra para a Alto Refúgio, o Senhor nosso Deus. Peça, corra, clame pela misericórdia, pois esta é a salvação para o oprimido.

As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim; Novas são cada manhã; grande é a tua fidelidade. A minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto esperarei nele. Bom é o Senhor para os que esperam por ele, para a alma que o busca. Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do Senhor (Lamentações 3:22-26).

Procure se lembrar que nosso manancial é o Senhor, e então você achará força para continuar a viver.

Regue. Cuide. Peça ajuda para o pastor ou pastora, para um irmão, enfim, para qualquer pessoa que queira orar com você, pois na comunhão em Deus e com Deus você encontrará força para continuar.

Sucesso total!! É isso o que Deus deseja e tem para você!!

Pr. Inerves (134 Posts)

Sou pastor na Igreja Batista Jesus é a Vida em Ceilândia/Distrito Federal. Tenho 2 filhos e uma linda esposa que amo muitíssimo. Gosto de pessoas, gosto de viver a vida que Deus me deu, e vivê-la abundantemente, aproveitando as oportunidades que Deus dá para fazer coisas boas. Tenho também meu pai, meu irmão, minhas irmãs, sobrinhos e muitos amigos e irmãos em Cristo que trazem muito sentido à minha permanência na terra. Ao Senhor Jesus toda Honra, Glória e Louvor.


Copyright © 2010 Igreja Batista Jesus é a Vida.

Produzido por tendaestudio