03.03.2015 – Quem pode Livrar como o Senhor?

“Livra-me dos meus inimigos, ó Deus; põe-me fora do alcance dos meus agressores. Livra-me dos que praticam o mal e salva-me dos assassinos. Vê como ficam à minha espreita! Homens cruéis conspiram contra mim, sem que eu tenha cometido qualquer delito ou pecado, ó Senhor. Mesmo que de nada eu tenha culpa, eles se preparam às pressas para atacar-me. Levanta-te para ajudar-me; olha para a situação em que me encontro! “ (Salmos 59:1-4) 

Como morador de uma grande cidade, é bem fácil sentir-se como se sentia o rei Davi, apreensivo e angustiado diante das ameaças e armadilhas que o rei Saul estava armando contra ele. Davi foi perseguido sem saber por quê. O rei Saul foi tomado por um sentimento de inveja, que o levou a atacar Davi com ódio mortal.

Atualmente nos deparamos com muita violência, principalmente daqueles que se sentem poderosos ao ter em suas mãos uma arma com a qual podem tirar um bem de alguém sob forte ameaça, quando não matam de uma vez. Às vezes, mesmo sendo cristãos, parece-nos que a nossa paz está sob ameaça, mas nossa paz é o Senhor Jesus. Ele disse “deixo-vos a paz”.

Não podemos deixar de crer que a paz que Cristo nos deu é Eterna, é plena, não depende de homens nem de circunstâncias. É nessa paz que os sonhos de Deus para nós se realizam. 

Temos que manter a fé nas palavras de alívio de Jesus para sua igreja, pois essa paz significa a própria vida de Deus em nós.

Precisamos fazer como fez Davi. Ele preferiu refugiar-se no Senhor. Ele declara:

“Ó tu, minha força, por ti vou aguardar; tu, ó Deus, és o meu alto refúgio. O meu Deus fiel virá ao meu encontro e permitirá que eu triunfe sobre os meus inimigos.” (Salmos 59.9-10)

Ele se refugiou na certeza plena do grande amor de Deus por ele. Isso deu a ele poder para andar de cabeça erguida sempre, sabendo que sua vida estaria continuamente nas mãos de quem era, é e sempre será Poderoso para Livrar!, o nosso amado Deus.

Por fim ele diz:

“Mas eu cantarei louvores à tua força, de manhã louvarei a tua fidelidade; pois tu és o meu alto refúgio, abrigo seguro nos tempos difíceis. Ó minha força, canto louvores a ti; tu és, ó Deus, o meu alto refúgio, o Deus que me ama.” (Salmos 59:16-17)

É em Deus que temos que nos segurar. É ao Senhor que temos que recorrer nesses tempos de muita violência e desrespeito, pois Ele nos ama e nos livrará, segundo seu grande amor por nós.

Ainda que eu e você sejamos muito tentados a igualar-nos àqueles que praticam a violência, em nome de Jesus, eu resisto e digo Não, à violência!, digo Sim, sempre, à PAZ!

“Que o Senhor te abençoe e te guarde, que o Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti. Que o Senhor sobre ti levante o seu rosto, e te dê a Paz.” (Nm 6.24-26)

Pr. Inerves

 

Pr. Inerves (134 Posts)

Sou pastor na Igreja Batista Jesus é a Vida em Ceilândia/Distrito Federal. Tenho 2 filhos e uma linda esposa que amo muitíssimo. Gosto de pessoas, gosto de viver a vida que Deus me deu, e vivê-la abundantemente, aproveitando as oportunidades que Deus dá para fazer coisas boas. Tenho também meu pai, meu irmão, minhas irmãs, sobrinhos e muitos amigos e irmãos em Cristo que trazem muito sentido à minha permanência na terra. Ao Senhor Jesus toda Honra, Glória e Louvor.


Copyright © 2010 Igreja Batista Jesus é a Vida.

Produzido por tendaestudio