Ore pela paz de Jerusalém – informe de 01 a 15.11.2012

Por amor de Sião não me calarei, e por amor de Jerusalém não me aquietarei, até que saia a sua justiça como um resplendor, e a sua salvação como uma tocha acesa. E os gentios verão a tua justiça, e todos os reis a tua glória; e chamar-te-ão por um nome novo, que a boca do SENHOR designará. E serás umacoroa de glória na mão do SENHOR, e um diadema real na mão do teu DEUS. Nunca mais te chamarão: Desamparada, nem a tua terra se denominará jamais: Assolada; mas chamar-te-ão: O meu prazer está nela, e à tua terra: A casada; porque o SENHOR se agrada de ti, e a tua terra se casará. Porque, como o jovem se casa com a virgem, assim teus filhos se casarão contigo; e como o noivo se alegra da noiva, assim se alegrará de ti o teu DEUS. Ó Jerusalém, sobre os teus muros pus guardas/atalaias, que todo o dia e toda a noite jamais se calarão; ó vós, os que fazeis lembrar ao SENHOR, não haja descanso em vós, nem deis a ELE descanso, até que confirme, e até que ponha a Jerusalém por louvor na Terra. Jurou o SENHOR pela sua mão direita, e pelo braço da sua força: Nunca mais darei o teu trigo por comida aos teus inimigos, nem os estrangeiros beberão o teu mosto, em que trabalhaste. Mas os que o ajuntarem o comerão, e louvarão ao SENHOR; e os que o colherem beberão nos átrios do Meu santuário. Passai, passai pelas portas; preparai o caminho ao povo; aplainai, aplainai a estrada, limpai-a das pedras; arvorai a bandeira aos povos. Eis que o SENHOR fez ouvir até as extremidades da Terra: Dizei à filha de Sião: Eis que vem a tua Salvação; eis que com ELE vem o seu galardão, e a sua obra diante dELE. E chamar-lhes-ão: Povo santo, remidos do SENHOR; e tu serás chamada: Procurada, a cidade não desamparada” (Isaías 62.1-12)

O SENHOR estabeleceu Seus atalaias sobre os muros de Jerusalém para não LHE darem descanso, ATÉ QUE.
Até que Israel seja estabelecida como objeto de louvor na Terra. Esse é um comando que o próprio SENHOR estabeleceu. E para que isso aconteça, Israel como ‘coroa de glória’ em Suas mãos, é preciso que a noiva do Cordeiro se posicione como verdadeiro atalaia e entre pelas portas da intercessão, preparando o caminho, aplainando a estrada, limpando as pedras e arvorando uma bandeira às nações, posicionando-se pelos comandos de YAH, seu SENHOR e REI, para que eles tenham a chance de cumprir seu propósito profético e preparar a vinda do seu, do nosso MESSIAS!
E como nós, atalaias, precisamos estar atentos, porque os dias são difíceis e maus!
No informe passado comentei sobre o sonho que o filho de Chuck Pierce teve sobre Israel e suas defesas e a retaliação por parte da Jordânia, em resposta ao que Israel havia feito. Semana passada, o governo jordaniano prendeu 11 terroristas ligados ao al-qaeda que planejavam um atentado massivo à capital Aman. As armas encontradas com os terroristas foram contrabandeadas da Síria. Acredita-se que milhares teriam sido mortos se o plano não fosse frustrado. Louvado seja o SENHOR que desmantelou os propósitos de satanás!
Além disso, o movimento jordaniano islâmico salafi também conectado ao al-qaeda, planejara um ataque suicida em Israel. Centenas de seus voluntários foram enviados para lutar por Assad na Síria. Dois primos de abu musab alzarqawi, o fundador do al-qaeda no Iraque, foram presos, semana passada, na Jordânia. Certamente, isso não é coincidência, mas o SENHOR é o maior interessado em que mantenhamos nossos ouvidos abertos para ouvir o que ELE nos quer revelar e, por meio de nós, gerar para estabelecer Seu Reino aqui na Terra.
O SENHOR anunciou os planos de satanás, deu entendimento e os intercessores oraram e os planos do inimigo foram expostos. Louvado e engrandecido seja YHVH Tsevaot! HalleluYAH!
As fronteiras em Israel estão em tremor. Como tenho anunciado, vejo a mão de YAH movendo a colher no caldeirão chamado Oriente Médio, a fim de que as nações vizinhas a Israel se alinhem ao Seu perfeito propósito.
O general anti-sírio e anti-hisb’allah Wissam al-Hassam, chefe do serviço de inteligência libanês, assassinado há duas semanas em atentado semelhante àquele que matou, há sete anos, o ex-primeiro ministro Rafik Hariri (pai do líder da oposição Saad Hariri), declarou que a guerra civil síria atingiria proporções regionais para que a atenção das OTAN fosse desviada de bashar al-assad: ‘Uma das soluções do conflito sírio é movê-lo para fora da Síria. O governo sobrevive tornando-o um conflito regional’, declarou o general em visita a Washington, dois meses antes de seu assassinato. Acredita-se que, como Hariri pai, ele tenha sido assassinado a mando de al-assad, por integrantes do hisb’allah, que lidera o país. O general assassinado era um membro chave do grupo pró-ocidente do governo libanês e uma pedra no sapato de assad.
A guerra civil síria atingiu as fronteiras com Turquia (ao norte) e Jordânia (ao sul). Na semana passada, um soldado jordaniano foi morto enquanto as tropas do governo sírio combatiam militantes armados na fronteira síria com Jordânia. Com o desmantelamento da conspiração, a tentativa síria de espalhar instabilidade naquele país fracassou por enquanto.
mahmoud abbas, o líder árabe que vive em Israel, declarou que retornará às conversações de paz com Israel depois que a ONU reconheça ‘palestina’ como ‘estado não membro’, e espera que isso aconteça em novembro. Se isso acontecer, os antigos tratados e todas as concessões que Israel fez para que existissem, serão violados, pois a base de todos eles é e sempre foi a conversação mútua e não um projeto unilateral.
Por sua vez, Morsi do Egito sorri para Shimon Perez, mas, pelas costas, diz amém à reza de 6ª feira, conclamando a destruição de Israel e concordando com as rezas que o pregador da reunião, há duas semanas, futouh abd al-nabi: ‘oh allah, absolve-nos de nossos pecados, fortalece-nos e concede-nos vitória sobre os infiéis. Oh allah, destrói os judeus e os seus defensores. Oh allah, dispersa-os, rasga-os em pedaços. Oh allah, demonstra teu poder e tua grandeza sobre eles’. Durante as rezas, Morsi estava ajoelhado, olhos fechados, mãos erguidas e confirmando com ‘amém’ a cada um dos pedidos do clérigo.
O sucessor de osama bin laden, ayman al-zawahiri, egípcio, semana passada convocou os muçulmanos egípcios a não pararem a revolução, mas quebrarem relações com o ocidente e prosseguirem até a libertação da ‘palestina’. Os estimulou a sequestrarem cidadãos dos países que combatem muçulmanos, como os EUA, a renovar as demonstrações contra a embaixada israelense no Cairo e opor-se aos esforços de normalizar a situação entre as duas nações.
Aliado a isso, mais de 500 foguetes foram lançados de Gaza contra o sul de Israel no último mês (500). Só semana passada, mais de 80 mísseis de pequeno e médio alcance, atingindo cidades scomo Ashqelon, Beer Sheva, a capital do Négev, Sderot, entre outras localidades. Embora o cessar fogo tenha sido decretado, os terroristas de Gaza continuam a atacar Israel. A mídia internacional omite tal fato; as nações unidas não respondem aos clamores de Israel por uma providência… Há um completo descaso (assista ao vídeo sobre o cotidiano de vida dos moradores no sul de Israel - http://www.youtube.com/watch?v=IyQjKnG3mBc&feature=player_embedded). Durante essa última semana, aulas foram suspensas, casas destruídas, vidas emocionalmente perturbadas, cinco feridos (dois graves).
Quando Israel sai para defender sua população, a mídia e a comunidade internacional a condenam por ‘reação exacerbada’ ou ‘desproporcional’. Até quando essa hipocrisia mundial continuará? “Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem das trevas luz, e da luz trevas; e fazem do amargo doce, e do doce amargo! Ai dos que são sábios a seus próprios olhos, e prudentes diante de si mesmos! Dos que justificam ao ímpio por suborno, e aos justos negam a justiça!” (Isaías 5.20,21,23). A soberania da nação é constantemente atacada e não pode revidar à altura, para destronar o hamas do poder e libertar os árabes que vivem na faixa de Gaza (pois tampouco suportam tal situação).
Sudan responsabiliza Israel e ameaça retaliá-la pelo ataque aéreo a uma indústria de armas em Yarmouk, Khartoum, semana passada, embora Israel não tenha confirmado sua participação. É uma nação patrocinadora do terrorismo.
Talvez essa tenha sido a resposta de Israel à invasão de seu espaço aéreo por um avião espião não tripulável, há um mês, lançado pelo hisb’llah, mas de procedência iraniana. Sudan é mais um dos ‘capangas’ do Irã, um perigoso estado terrorista, que produz e/ou estoca armas para hamas, Yemen e Somália, os outros ‘escravos’ do regime despótico iraniano. Há rumores de que aquela fábrica armazenava mísseis antiaéreos roubados da Líbia para serem enviados a Gaza.
Sudan também armazena armas de destruição em massa provenientes de Irã, Iraque e Coréia do Norte, desde os anos 90.
Tal ataque está enviando uma clara mensagem ao Irã do que Israel é capaz, mesmo com alvos a longas distâncias, além de um teste prático para Israel. Os jatos israelenses tiveram que voar 1930 km até o alvo em Yarmouk, a mesma distância até Natanz e Fordo, instalações nucleares iranianas. Isso tudo acontecendo quando um efetivo norte-americano está baseado em Israel para exercícios táticos de defesa e guerra naquela região.
Certamente, a ameaça maior vem do Irã, o maior patrocinador dos inimigos de Israel, em sua galopante escalada para a obtenção de armamento nuclear. Especialistas israelenses declaram que até a próxima primavera, o Irã terá entrado no ponto sem volta na obtenção de tecnologia bélica nuclear.
Diante de todas essas potenciais e severas ameaças, clamemos pela segurança de Israel. ‘Mil cairão ao seu lado e dez mil à sua direita, mas Israel não será atingida’ (Salmo 91.7,9).
Que Israel faça de ELOHEI Israel o seu Refúgio e Fortaleza, a sua Habitação, o seu Escudo e nELE encontre paz. Que ela se volte para o seu SENHOR e dELE aprenda a depender (Salmo 57.1 – “Tem misericórdia de mim, ó DEUS, tem misericórdia de mim, porque a minha alma confia em Ti; e à sombra das Tuas asas me abrigo, até que passem as calamidades”).
Que sejam desviadas todas as bombas e mísseis para que não encontrem nenhum ser vivente, em Nome do SENHOR JESUS. Que o único a encontrar esse povo seja o SENHOR dos Exércitos, revelando-Se enquanto permanecem nos abrigos antiaéreos, trazendo-lhes luz e vida. Que seus corações não estejam frios e fechados, mas quebrantados para ver a glória do SENHOR e receber Sua paz.
Clamemos pelo governo de Israel, para que receba estratégias do alto e sabedoria para fazer o que deve ser feito. Seja derramado sobre eles a unção dos filhos de Issachar, para conhecer os tempos e estações e aptidão para fazer o que deve ser feito. Que os líderes se movam de acordo com a perfeita vontade do SENHOR.
Que toda a arrogância que tem sido destilada dos líderes do hisb’allah, do hamas, do Irã seja julgada e punida, em Nome do SENHOR JESUS. Coloque ELE um anzol no nariz dos inimigos de Israel. Que as palavras lançadas contra ela, palavras de maldição e destruição sejam destruídas e não produzam qualquer fruto. Que o Nome do SENHOR seja exaltado e glorificado ao tornar o conselho do ímpio em nada.
Que o SENHOR envie Seus anjos guerreiros, guardiões, a cuidar de cada milímetro quadrado do território de Israel em suas fronteiras aéreas, terrestres, marítimas. Que todos em Israel tenham olhos de águia, espírito de discernimento e entendam e saibam interpretar o que vêem. Haja espírito alerta e atento, em Nome do SENHOR JESUS. O SENHOR, cujos olhos estão postos sobre Israel todos os dias do ano (Deuteronômio 11.12), auxilie as FDI para perceber de onde vem o perigo. E seja todo ele neutralizado, em Nome do SENHOR JESUS.
Que haja confusão no arraial do inimigo e aqueles que querem a destruição de Israel vejam-se em luta uns contra os outros; que os planos do Irã em restabelecer o império persa, em estabelecer um califato (com a unidade de todos os muçulmanos) sejam frustrados cabalmente, em Nome do SENHOR JESUS.
Que o arco do Elão seja quebrado, bem como toda a arrogância da liderança iraniana e o rei e seus príncipes destituídos pelo poder do sangue de YEHOSHUA HaMASHIACH (Jeremias 49.34-38)
Clamemos pela salvação de árabes e judeus; clamemos pelas misericórdias do SENHOR sobre o povo que tem vivido sob ataques contínuos. Derrame ELE de Seu bálsamo de cura, de fortalecimento, de ousadia.
Que os atalaias do SENHOR tenham olhos para ver e ouvidos para ouvir o que ELE está falando e estejam preparados, alertas e disponíveis para gerar o que ELE desejar para esses tempos e dias.
Antissemitismo crescente no mundo
À medida que a população muçulmana nas cidades e nações ocidentais têm crescido, na mesma proporção as ondas de antissemitismo. E todas as vias têm sido utilizadas, inclusive e principalmente a internet, com disseminação do ódio de forma mais rápida.
A França tem apresentado vários casos de agressão ‘gratuita’ a judeus. Mais de 40% de aumento nos registros de ataques a judeus.
Frases como essas: ‘um bom judeu é um judeu morto’, ‘um bom judeu não existe’, ‘um bom judeu é difícil de cozinhar’ têm sido comuns em blogs e sites (guerra cibernética). O advento da internet permite que os antissemitas espalhem sua ideologia numa velocidade enorme e com uma abrangência assustadora, muito maior e mais nefasta que a propaganda hitleriana do 3º Reich. Adeptos do mundo inteiro se reúnem em comunidades virtuais para conspirar contra Israel e judeus e com criatividade mais e mais malévola.
Clamemos por proteção dos judeus que ainda vivem no cativeiro das nações. Que o SENHOR utilize essa situação para despertá-los e incentivá-los a fazer a aliyah.
Que cada judeu entenda que o lugar mais seguro do mundo é NO CENTRO DA VONTADE DE YHVH, e Sua vontade é que cada judeu da diáspora regresse a viver em Israel, para o encontro que ELE agendou com eles: “E vos tomarei dentre os gentios, e vos congregarei de todas as terras, e vos trarei para a vossa terra. Então aspergirei água pura sobre vós, e ficareis purificados; de todas as vossas imundícias e de todos os vossos ídolos vos purificarei. E dar-vos-ei um coração novo, e porei dentro de vós um espírito novo; e tirarei da vossa carne o coração de pedra, e vos darei um coração de carne. E porei dentro de vós o Meu Espírito, e farei que andeis nos Meus estatutos, e guardeis os Meus juízos, e os observeis. E habitareis na terra que EU dei a vossos pais e vós sereis o Meu povo, e eu serei o vosso DEUS. E livrar-vos-ei de todas as vossas imundícias; e chamarei o trigo, e o multiplicarei, e não trarei fome sobre vós. E multiplicarei o fruto das árvores, e a novidade do campo, para que nunca mais recebais o opróbrio da fome entre os gentios” (Ezequiel 36.24-30).
São mais de 160 referências nas Escrituras que apontam para o desejo do SENHOR de que cada judeu regresse a Israel, para ali viver. Que elas se cumpram em nossa geração: sejamos instrumentos de YAH para gerar em intercessão e operar em auxílio prático nesse regresso, para que aconteça uma coisa: o Nome dELE seja exaltado, glorificado e santificado no meio das nações da Terra e entre os judeus: “Mas EU os poupei por amor do Meu Santo Nome, que a casa de Israel profanou entre os gentios para onde foi. Dize portanto à casa de Israel: Assim diz o SENHOR DEUS: Não é por respeito a vós que EU faço isto, ó casa de Israel, mas pelo Meu Santo Nome, que profanastes entre as nações para onde fostes. E EU santificarei o Meu grande Nome, que foi profanado entre os gentios, o qual profanastes no meio deles; e os gentios saberão que EU Sou o SENHOR, diz o SENHOR DEUS, quando EU for santificado aos seus olhos” (Ezequiel 36.21-23).
Contribua com a Operação Êxodo, Agência Judaica, Nefesh b’Nefesh. São entidades que estão engajadas na aliyah. Oremos por essas entidades, por recursos inesgotáveis. Que a noiva do Cordeiro se levante para glorificar o seu REI desta forma, auxiliando na aliyah, em Nome do SENHOR JESUS.
Ouvi de um judeu francês que: ‘você pode sair da França, mas não pode tirar a França de você’ – que terrível pensamento, mas foi isso que aconteceu com os hebreus que deixaram a o Egito. Aquela geração não foi capaz de entrar na terra prometida, porque não pôde tirar o Egito de dentro de si. Assim aconteceu com os judeus do cativeiro babilônico (poucos regressaram) e, infelizmente, é o que ocorre em nossos dias. A posse da terra é um assunto de suma importância na agenda do PAI. Se não fosse assim, não faria tantas referências a esse assunto (veja abaixo). Mas esse tema é para a glória do Seu Nome, o ato final do projeto redentivo de YAH. Ainda hoje, 2/3 da população judaica vive fora de Israel, sem contar os anussim e tantos outros grupos de pessoas a quem o SENHOR vem despertando sobre sua ascendência judaica.
Clamemos para que o SENHOR livre os judeus desse maldito espírito que os impede de possuir a terra prometida. Que sejam despertados para ouvir Seu chamado e coração inclinado a obedecer, não importem as circunstâncias.
Clamemos pelos anussim, para que o governo e o rabinato dêem ordem de entrada, considerando-os parte de Israel, não sendo exigida (como não foram aos etíopes e russos) a ‘conversão ao judaísmo’, em Nome do SENHOR JESUS.
Clamemos pela economia em Israel, para que haja oportunidade de emprego para toda a mão de obra que fizer a aliyah, em Nome de YEHOSHUA. Milhares de frentes de emprego sejam abertas, para o louvor do Seu Nome.
Abaixo, listo as 160 referências bíblicas sobre a aliyah de nossos dias (não incluem aquelas que apontam para o regresso babilônico ou mesmo egípcio). Estude-as, medite sobre elas e deixe-se impactar pelo fato de que o SENHOR é o maior interessado em que os judeus possuam a terra que lhes prometeu em aliança eterna.
Gênesis 50: 24-25; Levítico 26: 41-45; Números 14:7-9; Deuteronômio 1. 8,10,11,21; Deuteronômio 7: 6-11; Deuteronômio 11: 18-25; Deuteronômio 26: 15-19; Deuteronômio 28:1-14; Deuteronômio 30: 1-5; Deuteronômio 32: 46-47;Deuteronômio 33:26-29; Ruth 1: 6-7,14b-17; 2 Samuel 7:10; 2 Crônicas 30: 9; 2 Crônicas 36:22-23; Esdras 2, 8 e Neemias 7; Neemias 1: 8-9; Neemias 9:6-8; Salmo 14: 7; Salmo 53. 6; Salmo 69. 33-36; Salmo 77. 14,15; Salmo 80: 1-3,6,7,14-19; Salmo 85: 1-4; Salmo 105: 6-11,42-45; Salmo 106: 44-48; Salmo 107: 1-7; Salmo 122. 2-4; Salmo 126: 1-4; Salmo 135. 4,12,13; Salmo 137. 4-6; Salmo 147: 2-3; Isaías 11: 11-12; Isaías 14: 1-3; Isaías 27: 12,13; Isaías 35: 10; Isaías 41: 8-10; Isaías 43: 3,4-7,8-12,19-21,25; Isaías 44. 21,22; Isaías 44: 26; Isaías 45: 20a,25;  Isaías 46. 3,4; Isaías 48: 20; Isaías 49: 5-6; Isaías 49: 10-13; Isaías 49: 14-20; Isaías 49: 22-23; Isaías 51: 3; Isaías 51: 10-16; Isaías 52: 2-3; Isaías 52: 7-9; Isaías 52: 10-12; Isaías 54: 2-3; Isaías 54: 6-8; Isaías 54: 10-13; Isaías 56: 6-8; Isaías 58: 11-12,14; Isaías 60: 4-5; Isaías 60: 8-11; Isaías 60: 13-21; Isaías 61: 3-7; Isaías 62: 1-4; Isaías 62: 6-12; Isaías 63: 11-14; Isaías 65: 8-10; Isaías 65: 18-23; Isaías 66: 6-10; Isaías 66: 20-22; Jeremias 3: 12-14; Jeremias 3: 17-18;Jeremias 3: 22; Jeremias 12: 14-17; Jeremias 16: 14,15; Jeremias 16: 16; Jeremias 23: 3-6;Jeremias 23: 7,8; Jeremias 24: 5-7; Jeremias 25: 5-6; Jeremias 27: 21-22; Jeremias 29: 10-14;Jeremias 30: 2-3; Jeremias 30: 10-11; Jeremias 30: 17-22; Jeremias 31: 3-6; Jeremias 31: 8,9;Jeremias 31: 10-12; Jeremias 31: 15-17; Jeremias 31: 20-21; Jeremias 31: 23-25; Jeremias 31: 27-28; Jeremias 31: 36-37; Jeremias 32: 37-41; Jeremias 32: 42-44; Jeremias 33: 7-9;Jeremias 33: 10-11; Jeremias 33: 14-18; Jeremias 33: 25-26; Jeremias 42: 10-12; Jeremias 46: 16; Jeremias 46: 27-28; Jeremias 50: 3-5; Jeremias 50: 19-20; Jeremias 50: 33-34; Jeremias 51: 5-6; Jeremias 51: 45,50; Lamentations 4: 22; Ezequiel 11: 14-20; Ezequiel 20: 34-38;Ezequiel 20: 40-44; Ezequiel 28: 25,26; Ezequiel 34: 12-16; Ezequiel 36: 7-12; Ezequiel 36: 22-38; Ezequiel 37: 1-14; Ezequiel 37: 21-28; Ezequiel 38: 8,12,16; Ezequiel 39: 25-29; Ezequiel 45-48; Daniel 12. 1,10-12; Oséias 1: 10-11; Oséias 3: 4-5; Oséias 5:15 – 6:3, Oséias 6: 11; Oséias 8: 10; Oséias 11: 8-12; Oséias 14: 1,2,4-7; Joel 2: 17-19; Joel 2: 23-27,32; Joel 3: 1,2; Joel 3:16-17; Joel 3:20-21; Amós 9: 14-15; Obadias 1: 17,19-21; Miquéias 2: 12-13; Miquéias 4: 1,2;Miquéias 4: 6-8; Miquéias 4: 10-13; Miquéias 5: 2-4; Miquéias 7: 14,15; Miquéias 7: 18-20;Naum 1. 15; Sofonias 2: 7; Sofonias 2: 9-11; Sofonias 3:12-17; Sofonias 3: 19,20; Ageu 2. 5-9;Zacarias 1:14-17; Zacarias 2:2-5; Zacarias 2:6-8; Zacarias 2:10-13; Zacarias 8:7-8; Zacarias 8:13; Zacarias 8:20-23; Zacarias 9. 11-17; Zacarias 10:6; Zacarias 10:8-12; Zacarias 12:5-8;Hebreus 11:22Êxodo 13:19, Josué 24:32
Eleições em Israel
O partido Likud (de Netanyahu) fez aliança com o Beitenu de Avigdor Lieberman, há uma semana. São os partidos políticos que possuem o maior número de assentos no Knesset, o que permite melhor governabilidade. As próximas eleições foram convocadas por divergência orçamentária e foram convocadas para 20 de janeiro de 2013.
Clamemos pelas eleições em Israel – que o SENHOR incline os corações de todos os candidatos e os vencedores para Si, para completarem Sua perfeita vontade em Israel. A sabedoria do alto seja derramada sobre todos, para que haja transparência, sinceridade, honestidade em legislar, com a mesma qualidade de liderança que havia em Daniel, Misael, Azarias e Hananias.
Seja derramada a sabedoria, o discernimento sobre candidatos e eleitores, para escolher segundo o coração do PAI e não de acordo com interesses.
Que o Altíssimo os abençoe e lhes dê olhos para ver, ouvidos para ouvir e coração inclinado a obedecer.
Com amor,
marciah malkah
Jessica Mendonça (159 Posts)


Copyright © 2010 Igreja Batista Jesus é a Vida.

Produzido por tendaestudio